«A redoma de vidro: Nova edição»
Sylvia Plath

Sinopse o livro «A redoma de vidro: Nova edição» Sylvia Plath (resumo)

O único romance de Sylvia Plath ganha nova capa com ilustração da própria autora.

Publicado originalmente em 1963, esta edição, com tradução de Chico Mattoso, traz nova capa e desenhos da autora. Lançado semanas antes da morte de Sylvia, o livro é repleto de referências autobiográficas, e a narrativa é inspirada nos acontecimentos do verão de 1952, quando Sylvia Plath tentou o suicídio e foi internada em uma clínica psiquiátrica.

Esther Greenwood é uma jovem que sai do subúrbio de Boston para trabalhar em uma prestigiosa revista de moda em Nova York. Assim como a protagonista, a autora foi uma estudante com um histórico exemplar que sofreu uma grave depressão. Muitas questões de Esther retratam as preocupações de uma geração pré-revolução sexual, em que as mulheres ainda precisavam escolher se priorizavam a profissão ou a família.

Além da elegância da prosa de Plath, o livro extrai sua força da forma corajosa como trata a depressão. Mais que um relato sobre problemas mentais, A redoma de vidro é uma narrativa singular acerca das dores do amadurecimento.

“A redoma de vidro continuará a ressoar nas pessoas ao longo dos anos e merecerá inúmeras releituras, pois fala de contradições e de problemas humanos. Um livro para refletir sobre a representação da mulher na sociedade, os desafios profissionais e a solidão nas metrópoles e sobre alguém que tinha tudo para ser feliz.” ― Juliana Gomes, co-criadora do projeto Leia Mulheres


Para entender do que se trata o livro, você deve ler seu resumo (sinopse), resenhas, resenhas e ler citações. Tudo isso está no nosso site de livros!

Recomendamos baixar (download) o livro «A redoma de vidro: Nova edição» Sylvia Plath grátis, sem registro e sms nos formatos epub, mobi, pdf em dispositivos como e-book, telefone Android, iPhone, PC (computador), iPad.

Baixar [Download] livro grátis «A redoma de vidro: Nova edição» Sylvia Plath

Revisões «A redoma de vidro: Nova edição» Sylvia Plath

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

216 visualizações