«Marketing do amor»
Renato Ritto

Sinopse o livro «Marketing do amor» Renato Ritto (resumo)

CUIDADO: o estrangeiro misterioso por quem você se apaixonou pode ser o seu futuro chefe

A vida adulta às vezes parece uma sequência de perrengues. Thiago que o diga. Ele tem uma família intrometida, boletos para pagar, um gato extremamente mimado e uma coleção de inseguranças. Ah, sem falar no emprego como diretor de arte na caótica Agência Brilho. Para piorar, seus pais decidiram dar uma festa junina que tem tudo para virar caso de polícia.

Contrariando as expectativas (seria finalmente uma maré de sorte?), Thiago conhece um homem maravilhoso na festa. Ele não faz ideia de como um estrangeiro recém-chegado ao Brasil foi parar no quintal da sua família, mas tem uma certeza: Vlado é apaixonante.

Quando os dois se envolvem, parece o início de um romance que vai render assunto para os fofoqueiros do bairro. Só que tudo vira de ponta-cabeça: afinal, quem poderia imaginar que a Agência Brilho estava sendo vendida para uma multinacional e que aquele cara incrível seria seu novo chefe?

Thiago e Vlado resolvem colocar um ponto-final nessa história e interagir de forma estritamente profissional. Parece um ótimo plano. Ou não, já que, na prática, esquecer o que aconteceu se prova bem mais difícil do que eles imaginavam…

Contada através de e-mails, notícias de jornal, listas de tarefas, apps de mensagem e até cupons fiscais, Marketing do amor é uma comédia romântica perfeita para dar muita risada, sofrer de vergonha alheia e se emocionar até a última página.


Para entender do que se trata o livro, você deve ler seu resumo (sinopse), resenhas, resenhas e ler citações. Tudo isso está no nosso site de livros!

Recomendamos baixar (download) o livro «Marketing do amor» Renato Ritto grátis, sem registro e sms nos formatos epub, mobi, pdf em dispositivos como e-book, telefone Android, iPhone, PC (computador), iPad.

Revisões «Marketing do amor» Renato Ritto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *